Cartório em São Paulo

Serviços

Como tirar uma cidadania italiana?

A Itália possui uma especificidade para a retirada da cidadania: é preciso ter e entender o conceito de jus sanguini, ou seja, o direito de sangue.  Deste modo, os brasileiros que desejam obter a cidadania italiana podem obter a dupla cidadania precisam ter algum parentesco, sejam filhos, netos, bisnetos ou mesmo tataranetos de italianos. 

Caso você possua esse parentesco, não há outras grandes burocracias para conseguir a cidadania italiana. Porém, algumas questões de gênero devem ser consideradasPor exemplo, caso os ascendentes sejam todos homens, não há problemas, mas, se for mulher, é preciso que seus filhos tenham nascido após 1948. Esta restrição ocorre, pois de acordo com a legislação italiana, as mulheres não podiam transmitir sua nacionalidade para filhos ou maridos.  

Processo de cidadania italiana

Após identificar se você é uma pessoa apta para obter a cidadania, o segundo passo é procurar pelo Consulado Italiano que atende no estado que você mora, a fim de entrar com a solicitação do reconhecimento. De maneira geral é necessário apresentar os seguintes documentos: 

Para os filhos de italianos

  • Certidão de nascimento; 
  • Certidão de casamento; 
  • Certidão de óbito (caso ascendente tenha falecido); 
  • Carteira de identidade original do pai ou mãe e requerente.  

Para os netos, bisnetos ou trinetos de italianos

  •   Certidão de nascimento; 
  • Certidão de casamento; 
  • Certidão de óbito (caso o ascendente seja falecido); 
  • Certidão de naturalização (caso exista) de todos os ascendentes da família. 

Se as pessoas que são casadas com algum (a) italiano (a) e desejam obter a cidadania é preciso avaliar a data em que o matrimônio ocorreu. Caso tenha sido antes de janeiro de 1983, a transferência se dará de forma automática. Nas cerimônias realizadas após esta data é necessário aguardar três anos para solicitar o título. O cônjuge precisa apresentar os seguintes documentos: certidão de nascimento, certidão de casamento e carteira de identidade do cônjuge. 

Após reunir os documentos é preciso aguardar uma convocação (para que isso ocorra você precisa estar na fila do Consulado). O cadastro consular só ocorre depois da aprovação de todos os documentos. Com a conclusão do processo, os novos cidadãos italianos podem agendar a emissão do passaporte italiano. 

Em média, o tempo de demora para a obtenção da cidadania italiana é entre cinco e dez anos. Este tempo varia, pois é preciso avaliar cada caso individualmente, considerando as necessidades e a documentação de cada requerente. Além disso, é preciso ter um valor  alto para arcar com todas as despesas.